domingo, 7 de novembro de 2010

Brasil sobre 4 posições em desenvolvimento humano

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.
Um relatório das Nações Unidas, publicado nesta quinta-feira, em Nova York, revela que o Brasil melhorou quatro posições no ranking de desenvolvimento humano.
 
O país, que ocupava a posição 77 no ano passado, numa lista de 169 nações, subiu para 73 e é considerado, pelos padrões da ONU, uma nação de desenvolvimento médio.
 
Melhorias
O relatório mede índices como expectativa de vida, saúde e educação. Este ano, o estudo está comemorando sua 20ª. edição sob o tema "A Verdadeira Riqueza das Nações: Vias para o Desevolvimento Humano".
 
A pesquisadora Isabel Pereira, que participou da produção do relatório, falou à Rádio ONU sobre algumas das áreas de melhorias no Brasil.
 
"Tem havido um progresso geral em termos de saúde. Existe mais informação para entender que a educação é de melhor qualidade. A esperança de vida é mais alta e o rendimento também é mais alto no Brasil", afirmou.
 
Noruega
Neste ano, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, mudou a metodologia de composição do relatório. Pela primeira vez, os pesquisadores analisaram os efeitos da desigualdade social.
 
Dos países de língua portuguesa, Moçambique foi o que obteve a classificação mais baixa no ranking ocupando a posição 165 de 169 nações.
 
O país mais desenvolvido do mundo continua sendo a Noruega, seguida por Austrália, Nova Zelândia e Estados Unidos.
 
Fonte: Agência ONU
 
 
 

Publicado em: 05/11/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu