quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Estratégia Nacional de Defesa prevê reaparelhamento das Forças Armadas nos Próximos anos

Estratégia Nacional de Defesa prevê reaparelhamento das
Forças Armadas nos próximos anos


Ministro Nelson Jobim explica Estratégia Nacional de Defesa

Marinha, Exército e Aeronáutica vão receber investimentos na ordem de 27 bilhões de dólares ao longo dos próximos 10 anos. O projeto de reaparelhamento das Forças Armadas, previsto na Estratégia Nacional de Defesa, também promete abrir um novo mercado para as indústrias nacionais. Com o intuito de promover uma aproximação entre os setores, o Departamento da Indústria de Defesa (Comdefesa) realizou, no dia 6 de outubro, no Centro Cultural FIESP Ruth Cardoso, em São Paulo, um seminário com a presença do Ministro da Defesa, Nelson Jobim, e uma rodada de negócios para que os industriais conheçam as demandas das Forças Armadas.

Também estiveram presentes os Comandantes das três Forças, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto (Marinha), General-de-Exército Enzo Martins Peri (Exército) e Tenente-Brigadeiro-do-Ar Juniti Saito (Aeronáutica).

No seminário, o Ministro da Defesa ressaltou, entre outros temas, a posição estratégica de cooperação do Brasil na América do Sul, detalhando que a Estratégia Nacional de Defesa está apresentada em três vertentes: reorganização das Forças Armadas, reestruturação da indústria de defesa e composição do efetivo das Forças Armadas.

O Ministro Nelson Jobim adiantou, também, algumas ações que estão sendo planejadas. “Entre essas medidas podemos citar a criação de um quadro de especialistas em defesa e o fomento de pesquisa de materiais e equipamentos com a utilização de tecnologia nacional", afirmou o Ministro.

Nelson Jobim ressaltou, também, a importância de valorizar a atividade da indústria nacional e previu uma mudança na lei, na qual os critérios de contratação sejam voltados para o aproveitamento dos produtos produzidos no Brasil.

Os integrantes do seminário prestigiaram a exposição das Forças Armadas e participaram da rodada de negócios.


Empresários e representantes da Marinha na rodada de negócios

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu