domingo, 28 de março de 2010

FORÇA EXPEDICIONÁRIA BRASILEIRA


Há 65 anos, num 2 de maio, terminava a aventura da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na 2ª Guerra Mundial. A atuação dos pracinhas durou sete meses e dezenove dias, no norte da Itália. No início, imperou a inexperiência, além de um frio de 19 graus abaixo de zero. Apesar disso, a FEB conseguiu importantes vitórias, como a tomada do Monte Castello, em 21 de fevereiro de 1945.
Em números:

Força total: 25.445
Mortos: 451
Desaparecidos: 23
Inimigos capturados: 20.573

Apesar da dureza das batalhas, relatórios norte-americanos reclamavam de brasileiros que ofereciam cigarros aos prisioneiros alemães. Também era comum encontrar pracinhas dividindo sua comida com civis italianos ou, mesmo sob o fogo dos projéteis inimigos, preparando mingau para crianças famintas nos vilarejos.

Um comentário:

  1. Gostei bastante do blog. Realmente muito bom e informativo.

    Gostaria de saber em que local da Itália, em que cidade e vilarejo, foi que os pracinhas dividiram comida com as crianças necessitadas.

    ResponderExcluir

Quem sou eu